Eleições 2014 em quem votar

Você já está preparado (a) para as
eleições 2014? Ou está somente pensando na Copa do Mundo? As eleições estão praticamente ai e precisa sim pensar já e ver quem será candidato e conhecer o passado deste candidato, a seguir saiba em quem votar nas eleições 2014 e dicas para você escolher o melhor candidato.

em quem votar 2014 Em quem votar em 2014

Conheça também os prazos da justiça eleitoral e calendário para saber o que está rolando de acordo com a eleição 2014.  Agora em abril, por exemplo, todos os programas de computadores propriedade do Tribunal Superior Eleitoral desenvolvido por ele ou sob encomenda e que serão utilizados nos processos de votação, apuração e totalização estão em sua fase de especificação e desenvolvimento. Neste mês também acontece órgão de direção nacional do partido político publicar no Diário Oficial da União, as normas para a escolha e substituição de candidato para a formação de coligação. Também neste mês fica proibido aos agentes públicos na circunscrição do pleito, revisão geral da remuneração dos servidores públicos.

Então, antes de achar que este texto vai falar em quem votar, este trabalho deve ser feito pelo eleitor, acompanhando o horário eleitoral, conhecendo as proposta de cada candidato e verificar aquela que tem propósitos que cada um acredita. Lembrando que sempre é importante saber que seu voto é importante e não se omitir.

O voto é importante, até mesmo como forma de protesto, na verdade é um protesto social por excelência e deve ser valorizado. No Brasil se tem a discussão sobre a obrigatoriedade ou não do voto À discussão é que o voto sendo um indicativo do estágio democrático deveria ser algo livre, resultados das convicções e expectativas de cada cidadão, mais infelizmente o povo brasileiro em sua maioria não tem esta convicção e não vê o voto como um instrumento importante para sua democracia e também para fazer valer sua vontade, por isso, o voto acaba sendo obrigatório. O brasileiro em sua maioria não assume seu importante papel nada eleições, vê o ato de votar apenas como uma obrigatoriedade chata.

Outro instrumento para saber em quem votar em 2014 é pesquisar algumas listas presentes na internet que mostra os políticos com ficha suja e, neste caso devem não ser escolhas confiáveis nas eleições. Aconselha-se também pesquisar o candidato e ver se ele tem relação com estes políticos ficha suja ou se já tiveram é para ficar desconfiado. Faça uma analise de seu candidato, basta digitar no Google o seguinte: “NOME DO CANDIDATO + É acusado de”; dessa forma você pode saber um pouco mais do passado e das propostas do candidato.

Por isso, para votar nas eleições 2014 sempre é bom como principal arma a informação para fazer valer o seu direito de cidadão e votar com consciência.

Eleições 2014 Mesário

Algo que pode acontecer e você tem que estar preparado é quando você é solicitado pela justiça eleitoral para ser
mesário nas eleições 2014. Saiba como isso acontece, quais as funções de um mesário e como se cadastrar para ser um mesário voluntário nas eleições 2014.

mesario eleicoes 2014 Mesário Eleições 2014

Esta função é de caráter obrigatório, mas tem ainda um programa realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) que é chamada de mesário voluntário que foi uma função criada para incentivar o voluntário a prestar serviços eleitorais nas mesas que recebem os votos. A justiça eleitoral tem realizado programas deste tipo desde 2004. O projeto visa ampliar o número de colaboradores da Justiça Eleitoral que é sempre um desafio e ainda mais que isto seja feito de maneira consciente e espontânea. Diferentemente de quando o cidadão é convocado para ser mesário e isto não é feita de maneira espontânea. Mas, para quem deseja ser um mesário voluntário, pode se inscrever de qualquer estado brasileiro e podendo ser visto como fazer isto pelo link http://www.tse.jus.br/eleitor/mesario. Neste link há o nome dos Estados e clicando sobre um deles há informações de como participar deste programa.

Agora como é feita a seleção do cidadão para ser mesário? Todo o eleitor em situação eleitoral regular com o Tribunal de Justiça Eleitoral pode ser mesário e ser convocado desta forma. Não há exatamente um critério, mas muitos convocados são funcionários públicos. As convocações começam em junho e os convocados ainda passam por um treinamento que acontece em setembro. Quem é convocado para ser mesário e que comparece nas eleições recebe como benefício dois dias de folga como é previsto pela legislação brasileira. O mesário ainda recebe um auxílio alimentação, vale transporte e certificado da Justiça eleitoral, o que dá preferência de desempate no caso de concurso público que tenha este benefício previsto em edital. A participação como mesário ainda pode ser usada como horas extracurriculares para os universitários.

A seleção é feita pelo sistema eletrônico e que leva em consideração a idade e a profissão. Quem não se apresentar para sua função de mesário poderá ser penalizado. No caso do voluntário, como o nome diz este se apresenta de livre e espontânea vontade.

Quanto à escolha de mesário esta é feita de maneira aleatória por sorteio pelos juízes eleitorais e em entidades de classe como a OAB, CRM, faculdades, entre outras. Lembrando que este trabalho como mesário não tem nenhuma remuneração, apenas uma ajuda nos dias de votação como auxilio alimentação, transporte. Pode ser uma experiência válida, mas que é bem cansativa, pois os mesários chegam antes do início da votação, ou seja, antes das 8horas e fica bem depois da hora das eleições, depois das 17h. Por isso, se você pretendia ser voluntário como mesário nas eleições 2014, pense bem nesta escolha.

Conheça candidatos famosos e figuras nessas eleições 2014

Você está preparado para as
eleições 2014?  Ou está somente pensando na copa do mundo de futebol. Dentre a atual situação do Brasil precisamos e devemos como cidadãos pensar no futuro do país e conscientemente escolhermos nossos candidatos, não é mesmo? Se estiver desatualizado sobre as eleições 2014, chegou o momento de começar a se atualizar quem é candidato e também saber algumas curiosidades sobrem os candidatos às eleições 2014, inclusive candidatos famosos.

candidatos famosos eleicoes 2014 Candidatos famosos eleições 2014

Alguns famosos do grande público são candidatos às eleições 2014. Entre os famosos que candidatam nas eleições a cargos eletivos está Bernardinho pelo PSDB, ex-treinador da seleção de vôlei feminina, mas que parece ter voltado atrás na sua candidatura no partido; outro que tem candidatura confirmada é o cantor e compositor Gilberto Gil que é filiado ao PV, mas ainda não confirmou sua candidatura a nenhum cargo de maneira oficial.

Romário, o ex-jogador de futebol que já ocupa cargo eletivo e que pretende se candidatar a prefeitura do Rio de Janeiro e que tem aprovação do seu atual partido o PSB. Além destes nomes bem conhecidos existem aqueles famosos e celebridades, esperem uma eleição com muitas celebridades e algumas celebridades um tanto tosca.

Entre as celebridades que se candidatam a um posto eletivo é o cirurgião plástico Robert Rey, conhecido como Dr. Rey que se filiou ano passado no partido PSC que é o mesmo partido do polêmico deputado federal Marco Feliciano. O cirurgião ficou famoso por participar de um reality show sobre sua vida de cirurgião em Hollywood chamado Dr. 90210.

Outro famoso a se candidatar nas eleições 2014 é o ex-integrante do Reality Show Big Brother Brasil Kléber Bambam e que foi vencedor da primeira edição do BBB e concorrerá pelo partido PRB de Celso Russomano e disputará cargo de deputado federal pelo estado de São Paulo. Outro ex-BBB se candidatam a um cargo eletivo, como Laisa Portela que entrou pelo PP do Rio Grande do Sul; Cida (do PT do B pelo Rio de Janeiro) e Diego Alemão pelo PV do Rio de Janeiro.

Ainda pelo Rio de Janeiro são a socialite Narcisa Tamborindeguy que se filiou ao PSDB; em São Paulo, o pagodeiro Rodriguinho pelo PTB. Sula Miranda, cantora que ficou conhecida como Rainha dos caminhoneiros concorre a uma vaga na câmera federal pelo PRB e que ela propõe na sua campanha melhoria das estradas e criação de cursos profissionalizantes. Esses são alguns exemplos de famosos nesta eleição 2014 que você pode votar (ou não).

Aécio Neves 2014 Presidente

Está se preparando para as eleições 2014? Conhece alguns dos candidatos a cargos eletivos em 2014? Um deles é uma figura que já está na política, que é uma tradição familiar, no caso é
Aécio Neves. Saiba mais informações sobre a candidatura de Aécio Neves nas eleições 2014.

aecio neves eleicoes 2014 presidente Aécio Neves Eleições 2014

Aécio Neves
é um político mineiro que é neto de Tancredo Neves que foi personagem principal para a redemocratização do país e seu avô foi governador de Minas Gerais e presidente do Brasil por via indireta, mas que morreu antes de assumir o cargo.  Como se vê, Aécio Neves tem uma grande tradição política na família e pode ser um forte candidato nas Eleições 2014.

Embora ainda não confirmado, Aécio é um forte candidato a presidência nas Eleições 2014 e que políticos experientes como Fernando Henrique Cardoso (ex-Presidente da República e que faz parte de mesmo partido de Aécio, o PSDB) para ter sucesso nas eleições, o candidato precisará ter uma larga margem de votos em São Paulo que é um grande estado eleitoral que tem aproximadamente 32 milhões de eleitores e capazes de decidir a eleição ainda mais uma eleição super importante como a eleição para Presidente. As propostas de Aécio Neves nas Eleições 2014 vão de acordo com seu partido. O estado de São Paulo foi importante em tantas eleições no passado a mais recente para Presidência da República José Serra perdeu para Lula por mais de 2 milhões de votos, isso em 2002.  Mas, os tucanos (do partido PSDB) estes se recuperaram com Geraldo Alckmin que levou quatro milhões de votos à frente Lula em 2006; e José Serra, de novo candidato, derrotou a presidente Dilma Rousseff em 2010 por uma margem de dois milhões de votos em São Paulo. Por isso, importante que Aécio Neves conquiste o eleitorado em São Paulo como assim em todo o Brasil.

Entre outros possíveis candidatos a presidência nas eleições de 2014 o Partido Socialista Brasileiro (PSB) definiu como candidato o governador de Pernambuco Eduardo Campos e isto está definido porque este entregou seu cargo ao governo federal; já Marina Silva, que se destacou na eleição passada à Presidência e que não é uma candidata nesta eleição, pois tentou se filiar pelo seu partido (Rede), as como não conseguiu, dizem ser ela provável candidata a vice-presidência com Eduardo Campos, já que ela acabou se filiando ao PSB.  Já pelo Partido Verde, o possível candidato é Eduardo Jorge e que já apresentou em evento diretrizes para seu governo.

Outros demonstraram interesse em se candidatar como a ex-vereadora de São Paulo Soninha Francine, mas o partido dela, o PPS prefere apoiar a candidatura de Aécio Neves pelo PSDB. Você acha que ele pode vencer esta eleição 2014 para Presidência da República?

Eleições 2014 Debate

As
eleições 2014 estão praticamente ai e logo mais teremos propaganda eleitoral e os famosos debates das eleições 2014 e todos estes são definidos de acordo com a lei específica da justiça eleitoral e seguem um cronograma definido pela justiça eleitoral.

debate eleicoes 2014 Debate Eleições 2014

Tanto a propaganda eleitoral, como o
debate das eleições 2014 são importantes fontes de informação aos eleitores para conhecer os candidatos aos principais cargos políticos daquela eleição e, por serem um importante instrumento de informação são devidamente regulamentados e fiscalizados. Os debates acontecem tanto na televisão como no rádio e são realizados segundo regras estabelecidas de comum acordo entre os participantes do debate e as emissoras responsáveis pela transmissão do debate.

Os debates, de acordo com a lei eleitoral, devem ser comunicados previamente a Justiça Eleitoral da sua realização para que ela possa acompanhar o debate. Os candidatos podem decidir as regras para a realização do debate. Já a forma de realização do debate terá concordância de pelo menos 2/3 dos candidatos da majoritária e 2/3 dos partidos ou coligação, isto no caso de debate da chapa proporcional.

No caso de não ter-se estabelecido uma regra de como se fará debate segundo a Lei 9,504/97 art. 46, I a e B, II e III e que definem como regra: nas eleições majoritárias (aqueles que têm, por exemplo, eleição para Presidente, Governador, etc.) a apresentação do debate poderá deve ser em grupo e estarem presentes pelo menos três candidatos; nas eleições proporcionais (que é aquelas de deputados, por exemplo) os debates deverão ser organizados de modo que assegurem a presença de número equivalente de candidatos de todos os partidos políticos e coligações a um mesmo cargo eletivo e, o debate, neste caso, pode se desdobrar por mais um dia; os debates deverão ser parte da programação previamente estabelecida e divulgada pela emissora e que deverá ser feita mediante sorteio para escolha do dia e da ordem de fala de cada candidato; outras regras que regem os debates políticos são: é admitida a realização do debate sem a presença de um dos candidatos, no caso a emissora tem que comprovar que entrou em contato com o candidato com antecedência mínima de 72 horas da realização do debate; é vedada a participação de um candidato a mais de um debate realizado pela mesma emissora; no primeiro turno, o debate poderá de estender até às 7 horas do dia 3 de outubro de 2014; no caso de segundo turno, o debate pode acontecer até a meia-noite do dia 24 de outubro de 2014. Por isso, se quer acompanhar os debates eleições 2014 fiquem atentos às emissoras e rádio e televisão, assim como o cumprimento da lei nestes debates.

Candidatos a Governador MG Eleições 2014

O ano de 2014 será bem agitado e já que teremos em junho, à copa do mundo 2014 e depois, já teremos eleições em outubro. As
eleições 2014 acontecem não somente no âmbito nacional (na escolha do Presidente no Brasil) como aos cargos regionais ao governo de cada estado. Confira a seguir informações sobre os candidatos ao governo de Minas Gerais nas Eleições 2014.

eleicoes 2014 governo mg Eleições 2014 MG Candidatos Governo

Vamos ao cenário das eleições 2014 em
Minas Gerais, principalmente quantos aos candidatos ao governo do estado mineiro. O cenário das eleições para o governo 2014 em Minas Gerais é confuso, a começar por Aécio Neves que tentava uma candidatura da Presidência da República dente-o do seu partido, o PSDB , mas o partido preferiu a candidatura de outro membro do partido, o José Serra, embora o maior apoio dentro do partido seja para Aécio Neves. O ponto negativo de Aécio está no fato de que o seu mandato de governador foi completado pelo sei vice, Antonio Anastasio que renunciou ao cargo de governador, pois ganhou a eleição para o Senado em março de 2010. Pela mão de Aécio, Anastásio foi reeleita ao governo do Estado de Minas Gerais. Como Anastásia já foi reeleito ele não pode mais ocupar o cargo e o Aécio faz suas coligações para lançar candidato ao Governo de MG e foram pensados vários nomes como a secretária de planejamento do Estado de MG Renata Vilhena de 51 anos que é bonita e considerada competente e que é reconhecida pelo seu moderno e eficaz modelo de gestão implantado no Estado, mas que tem como desvantagem não ter experiência política (mas isso não é um impecílio, como podemos provar pela nossa atual Presidente que não tinha experiência em cargos eletivos, foi apenas ministra).

Quanto aos demais partidos, recentemente foi definido o candidato do PT que é Fernando Pimentel que foi anunciado em evento realizado em Belo Horizonte no dia 14 de fevereiro e o evento contou com a presença do ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva            . Pimentel deixou o ministério do Desenvolvimento, Indústria e comércio que ocupava para se dedicar às eleições. Ele lançou na ocasião da sua candidatura o que ele chama de “Caravana da Participação” para a construção conjunta com a população de um plano de governo que ele pretende instalar em sua campanha e quem sabe no seu futuro governo de Estado.

Independente de você morar em Minas Gerais, se informe sobre os candidatos do seu Estado e não fique de fora deste importante exercício de cidadania. Lembrando que essa é apenas uma prévia sobre as eleições do governo de MG em 2014.