Candidatos ao governo de Santa Catarina nas Eleições 2014

Você está atento no que está rolando em relação às eleições 2014? No caso de você ser eleitor em Santa Catarina, sabe quem são os candidatos ao governo no Estado? Saiba quem são os candidatos às vagas ao cargo de governador de SC nas eleições 2014.

eleicoes santa catarina sc 2014 governador Eleições Governador SC 2014   Candidatos
Entre os candidatos ao governo de SC estão: Afrânio Boppré é (PSOL/SC), Cláudio Vignatti (PT-SC), Raimundo Colombo (PSD/SC) e Paulo Bauer (PSDB/SC). Vamos ao perfil de cada um desses candidatos que podem ajudar nas suas decisões, é claro, a partir dos seus conhecimentos sobre determinados candidatos.

Quanto a Afrânio Boppré é candidato ao governo de Santa Catarina pelo PSOL e que em 2012 foi eleito vereador em Florianópolis e como tal foi autor do Projeto de Lei Complementar que solicita a redução em 90% da variação de acréscimo com Imposto Territorial Imóvel. Ele começou na política na década de 1980 e se elegeu em 1992 foi eleito vice-prefeito de Florianópolis em 1992 e deputado estadual por Santa Catarina em 2002.

Agora o candidato Cláudio Vignatti é o presidente estadual do PT e já anunciou sua candidatura em fevereiro de 2013 e já fez suas viagens pelo interior do Estado para expor suas metas e ações para caso seja governador do Estado. Ele tem o apoio do prefeito de Brusque Paulo Eccel que lidera a Esquerda Popular Socialista do PT. Ele é filiado do PT desde 1993 e iniciou sua carreira como militante do partido e presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Chapecó. Seu primeiro cargo foi de vereador em 1996 na cidade de Chapecó (SC) e reeleito em 2000. Depois foi deputado federal pelo Estado em 2002 e reeleito em 2006.

Outro candidato é Raimundo Colombo (PSD) que tem apoio do PR e começou a carreira política como deputado estadual em 1986 e dois anos depois foi eleito prefeito na sua cidade natal, em Lages e foi reeleito em mais duas ocasiões em 2000 e 2004. Foi ainda eleito deputado federal em 1998; e senador em 2006. Como se vê ele tem bastante experiência política e pode ser um forte candidato ao governo de Santa Catarina.

Encerrando o rol de candidatos, outro que se candidata ao cargo do governo de SC é Paulo Bauer que estava no cargo de senador e começou a carreira política como militante estudantil da universidade que estudou e conseguiu o primeiro cargo político em 1986 como deputado estadual de Santa Catarina; em 1990 foi eleito Deputado Federal de Santa Catarina e reeleito em 1994, 2002 e 2006. Seu último cargo foi de Senador, eleito em 2010.

Por isso, se mora em Santa Catarina conheça melhor os candidatos a governador de SC nas eleições 2014 e também de outros cargos políticos para fazer a melhor escolha.

Levy Fidélix candidato a presidente nas Eleições 2014

Lévy Fidélix
é um dos candidatos que concorre a Presidência da República nas eleições 2014 que é um dos políticos com maior atuação atualmente e que terá a homologação de sua candidatura à presidência da república, saiba um pouco mais sobre o candidato a presidente Levy Fidélix nas Eleições 2014.

levy fidelix eleicoes 2014 Levy Fidélix Eleições 2014

Lévy Fidelix
é atual presidente e fundador do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) é mineiro e teve uma educação tradicional. Fez o curso de comunicação, trabalhou em diversos jornais e revistas, foi professor dando aulas de marketing e atuou ainda como diretor de criação em agências de publicidade no Rio de Janeiro e no Espírito Santo até se tornar apresentador na década de 1980 em São Paulo e ao mesmo tempo recebeu o convite de Guilherme Affif Domingos para fundar o Partido Liberal (PL) e ser candidato a deputado federal nas eleições de 1986. Já seu atual partido ele fundou alguns anos depois, em 1994.  Através do PRTB ele já foi candidato em vários pleitos.

 

Sua principal bandeira em suas propostas de governo está a mobilidade urbana e, em São Paulo e em um dos pleitos em que se candidatou ele propôs o aerotrem (trem de superfície que trafega em pilastras nos canteiros centrais dos córregos e avenidas) que foi inclusive implantado pelo governo paulista em 2012. Entre outras propostas que foram postas em prática em São Paulo vieram das propostas de governo de Fidelix como o anelviário, que foi implantado pelo governo paulista desde 2008 e recebeu o nome de Rodoanel; o seguro-calamidade, implantado pela prefeitura de São Paulo em 2008 e recebeu o nome de seguro enchente; moto-médico que foi implantado por vários governos estaduais na rede SAMU a partir de 2013; e o projeto onda verde, que é um projeto de reurbanização das áreas verdes na capital paulista e também o incentivo às prefeituras para plantarem árvores na cidade, e em conjunto com a população. Este projeto foi mal implantado e não foi bem sucedido e gerou várias críticas entre 2001 a 2004.

 

Quant a candidatura de Fidélix nas eleições 2014 esta sofrerá com a nova norma quanto ao tempo da propaganda eleitoral que define que o tempo será mais curto aos partidos de pouca expressividade devido à mudança da legislação. De acordo com a antiga legislação um terço do horário eleitoral era dividido de forma igual entre os partidos políticos; os outros dois terços eram rateados de acordo com o tamanho da bancada. Com a mudança da legislação, que faz com que apenas 11% do tempo, ao invés de 33% seja divididos igualmente e esta mudança vai atingir os partidos menores que inclui o partido de Fidelix o PRTB. Você acha que Levi Fidélix é um bom candidato a presidente nas eleições 2014?

Candidatos a Governador PR Eleições 2014

Está se preparando para as eleições 2014? Devemos pensar nas eleições, momento importante de escolhas que vão definir mudanças que vão ficar, diferentemente da Copa do mundo, que muito se duvida que teremos benefícios depois da realização. Bem, se mora no Paraná você já sabe quem serão os candidatos ao governo do Estado nas Eleições 2014? É bom saber desde já quem são eles e sua história política, a seguir conheça os candidatos a governador do Paraná nas Eleições 2014.

eleicoes pr 2014 candidatos governador Eleições Governador PR 2014   Candidatos

Entre os principais candidatos a governador do Paraná em 2014 estão: Gleisi Hoffman (PT-PR), Beto Richa (PSDB-PR), Joel Malucelli (PSD-PR), Roberto Requião (PMDB/PR), Bernardo Pilotto (PSOL/PR). Vamos aos detalhes de cada candidato.

Gleisi Hoffman é a candidata do PT que já atuou como ministra chefe da Casa Civil e que terá uma aliança com o presidente nacional do PDT Carlos Lupi e alguns deputados e partidos estão apoiando a candidatura, portando, uma candidata forte. Gleisi tem uma enorme experiência na política atuando na juventude em grêmios. Tem formação em direito e é pós-graduada em gestão de organizações públicas e administração financeira e atuou inicialmente como secretária de Estado do Mato Grosso do Sul e Gestão Pública da prefeitura de Londrina. Ela ficou mais conhecida na equipe de transição do governo Lula ao lado de Dilma Rousseff e atuou depois como diretora financeira da Itaipu Binacional de 2002 até 2006.

Outro candidato é Beto Richa do PSDB que tem o apoio do PSB e é um dos candidatos preferidos ao Governo do Paraná. Beto Richa é formado em engenharia civil é filho do ex-governador paranaense José Richa, por isso, tem uma história familiar na política, iniciou carreira política aos 27 anos de idade quando concorreu ao cargo de vereador em Curitiba, mas não obteve sucesso. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual e reeleito no pleito seguinte; chegou a ser vice-prefeito e prefeito de Curitiba; foi deputado estadual e ficou conhecido pela Lei 11.55/94 que estabeleceu o pagamento de indenizações de famílias de ex- presos políticos.

Joel Malucelli é candidato pelo PSD para o governo do Paraná é um empresário multimilionário e é fundador de um dos maiores grupos empresarial do Paraná, o grupo J, Malucelli. Ele tem o apoio do presidente nacional do PSD e pré-candidato ao Governo de São Paulo, Gilberto Kassab. Ele é o candidato que não tem um histórico político, mas devido seu poder econômico tem grandes alianças políticas.

Roberto Requião é o candidato que tenta se fortalecer desde o final de 2013, já viajando para municípios do estado entre as lideranças. Requião é formado em jornalismo e em direito e quanto sua experiência de cargos exercidos começou em 1982 como deputado estadual do Paraná, foi eleito prefeito de Curitiba em 1984; já foi governador do Paraná em 1990, foi reeleito em 2002 e 2006.  E já foi eleito senador 1994 e em 2010. Por isso, um candidato com muita experiência política.

Para encerrar sobre os principais candidatos ao governo do Paraná nas Eleições 2014 está o sociólogo Bernardo Pilotto pelo PSOL formado em ciência sociais tem mais experiência de militância do que política.

Além da história de cada candidato é importante também saber de suas propostas de governo para melhor fazer suas escolhas nestas eleições 2014, qual o melhor candidato a governador do Paraná nas Eleições 2014 em sua opinião?

Como fazer a justificativa do voto depois do prazo

Você já estar a par de suas obrigações quanto as eleições 2014? Vai votar ou não poderá votar? Saiba se estiver fora de seu domicílio eleitoral deverá justificar o voto.

justificar voto depois do prazo Justificar voto depois do prazo

Quanto à justificativa eleitoral esta ocorre quando o eleitor estiver fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição e deverá justificar através de um formulário chamado de Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) que deve ser preenchido corretamente e entregue n dia da eleição em qualquer local eleitoral (geralmente tem uma seção destinada somente a justificativa eleitoral).

Este requerimento de justificativa de voto nas eleições 2014 pode ser obtido gratuitamente em qualquer cartório eleitoral, nos postos de atendimento ao eleitor, no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no site dos Tribunais Regionais Eleitorais (Três) e também no dia do pleito em qualquer local de votação. Por isso, a justificativa pode ser não somente feito no dia da eleição como nos dias em que se seguem. O eleitor que não justificou o voto no dia do pleito pode fazer a justificativa no prazo de até 60 dias para fazer isso e esta deve ser feita em qualquer cartório eleitoral da cidade onde estiver e nestes deve preencher um Requerimento que é o mesmo do dia do pleito e deve levar consigo sua carteira de identidade e título de eleitor. Como documento de identidade vale também a carteira de trabalho e a carteira nacional de habilitação, documentos oficiais e com foto.

Confira também: Justificar Voto nas Eleições 2014

Quem não justificar o voto dentro do prazo e não votar terá suas consequências entre outras coisas: não poderá tirar passaporte, inscrever-se em concursos público ou prova para cargo ou função pública; investir e empossar cargo público; renovar matrícula em instituição pública de ensino assim como fazer matrícula nos mesmos, entre outras consequências.

O mesmo vale para os eleitores que moram no exterior ou estejam de passagem no exterior. Entre estas outras sanções estão: não poderá receber vencimentos, remuneração, salário, proventos de função pública; participar de concorrência pública ou administrativa da União; obter empréstimo de autarquia, sociedades de economia mista; realizar qualquer ato para qual exija quitação do serviço militar; obter certidão de quitação eleitoral; obter qualquer documento nas repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Por isso, não perca o prazo de justificativa de voto nas eleições 2014 e o melhor no ato da eleição não deixe de justificar se foi o caso de estiver fora do seu domicílio eleitoral e evitar esquecimentos que podem ter consequências graves como descrevemos acima.

José Maria Eymael Eleições 2014

Você está se preparando para as eleições 2014 e já conhece os candidatos aos principais cargos eletivos? Um dos candidatos que vai disputar essa eleição de 2014 é José Maria Eymael que é pré-candidato à Presidência da República pelo Partido Social Democrata Cristão(PSDC). Saiba um pouco mais sobre o candidato a presidente Eymael nas Eleições 2014.

eymael eleicoes 2014 Eymael Eleições 2014

Eymael
quando se fala no seu nome lembra-se logo do seu jingle que já virou um clássico nas campanhas eleitorais, mas que na campanha deste ano deve perder espaço, pois as campanhas terão pouco tempo e um jingle neste caso atrapalhará um pouco. O jingle que ficou no subconsciente coletivo foi “Ey, Ey, Eymael, um democrata-cristão” que foi o jingle usado em campanhas presidenciais anteriores e um jingle semelhante foi usado em outras campanhas como em 2010 e 2012 para as campanhas à presidência e à Prefeitura de São Paulo, respectivamente. Este outro jingle foi: “Ey, Ey, Ey São Paulo, mais que uma cidade, uma nação…”.  O candidato disse que terá um jingle este ano, mas não adiantou nada, mas será algo mais secundário, mas sem deixar de ser a marca registrada do candidato. Quem compôs o jingle do candidato foi o alfaiate José Raimundo de Castro que faz parte da Executiva Nacional do partido e que este mesmo afirma que o jingle não atrapalha a candidatura do candidato, mas a falta de tempo do mesmo no horário político, o que é um problema da maioria dos candidatos.

Quantos aos cargos políticos Eymael em 1986 foi eleito Deputado Federal por São Paulo e reeleito em 1990. É atualmente presidente nacional do PSDC. Entre as propostas de Eymael para a sua candidatura nas Eleições 2014 é que o Brasil tenha outra via de mudança real, valorização da família, o trabalhador e o combate à corrupção. O candidato é natural de Porto Alegre, formado em Direito e história e começou a carreira política pelo Partido Democrata Cristã (PDC) extinta durante o regime militar e que se candidatou em 1985 à Prefeitura de São Paulo e foi derrotada, mas desde aquele ano ficou conhecido pelo seu famoso jingle. Quanto as suas candidaturas a presidência da república ele o foi em vários anos: 1998, 2006 e 2010, mas não teve nenhum resultado expressivo.  O seu resultado mais significativo foi em 2010 com 89.350 votos. Além de Eymael, são os principais candidatos à Presidência da República nas eleições 2014: Aécio Neves (PMDB), Eduardo Campos (PSB) e Dilma Rousseff (PT), atual presidente e que é candidata à reeleição.

Candidatos a governador da Bahia nas Eleições 2014

Você já está preparado para as eleições 2014 de governador da Bahia? Principalmente quanto aos candidatos aos principais cargos que se candidatam nestas eleições? Por isso se não está por dentro das eleições 2014 e os candidatos ao governo da Bahia já está no momento para isto.

eleicoes governador ba 2014 Eleições Governador BA 2014   Candidatos

Se você mora no Estado da Bahia e ainda não sabe quem são os candidatos ao governo da Bahia vamos mostrar quem são os candidatos ao Governo da Bahia nas Eleições 2014 e algumas de suas características. Entre os candidatos estão: Geddel Vieira Lima (PMDB), Rui Costa (PT), Lídice da Mata (PSB), José Sérgio Gabrielli (PT), José Carlos Aleluia (DEM), Paulo Souto (DEM) e Marcos   Mendes (PSOL).

O candidato ao governo da Bahia está Geddel Vieira Lima que atualmente é vice-presidente do departamento de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal e também é presidente do PMDB baiano e em 2010 tentou em 2010 o cargo de governador da Bahia e ficou em terceiro lugar, por isso pode ter grandes chances nesta eleição 2014. Ele é inclusive apontado como um dos 100 parlamentares mais influentes do país depois de seu mandato de deputado federal. Também atuou como ministro da Integração Social em2007 e na época esteve à frente de discussões sobre a transposição do Rio São Francisco, uma questão polêmica e controvérsia.

Rui Costa é outro candidato a governador nas eleições BA 2014 que é atualmente secretario da Casa Civil do Estado da Bahia e foi escolhido pelo seu partido o PT para suceder o atual governador Baiano Jacques Wagner (também do PT). Foi através da integração com o movimento dos trabalhadores que ele foi eleito vereador em 2000 como Deputado Federal ele foi importante na concepção da Lei Federal que regulariza o trabalho doméstico, incentivando que este grupo tivesse direitos semelhantes de outros grupos de trabalhadores.

Lídice da Mata é a única candidata que atualmente é senadora e tem o apoio da sua candidatura de Eduardo Campos. Atuou na câmara municipal de Salvador e criou o primeiro conselho de defesa dos direitos da mulher no Estado da Bahia e atuou na assembleia nacional constituinte que formou inclusive a constituição de 1988, sendo um dos candidatos com maior história na política brasileira que começou em 1982 no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB); em 1986 foi eleita Deputada Federal pelo Estado da Bahia; já foi eleita prefeita de Salvador em 1992; foi eleita deputada Estadual pela Bahia em 2002; deputada Federal pela Bahia em 2006; e em2010, foi à primeira senadora mulher da Bahia. Um a forte candidata principalmente pelo seu histórico político.

Conheça mais sobre os demais candidatos ao governo do Estado da Bahia até mesmo para melhor fazer suas escolhas e saber em quem votar nas eleições 2014 BA.